28/6/17
 
 
Vítor Rainho 15/03/2017
Vítor Rainho

vitor.rainho@newsplex.pt

Um tribunal que deita gasolina na fogueira

O Tribunal de Justiça da União Europeia determinou que as empresas podem proibir os seus trabalhadores de usarem “qualquer símbolo político, filosófico ou religioso”, em nome de uma “política de neutralidade” no local de trabalho.

Quer isto dizer que, por exemplo, as muçulmanas podem ficar proibidas de usar o véu islâmico, os católicos de exibirem o crucifixo, ou os judeus o seu quipá. Esta decisão, que dará às empresas a possibilidade de a colocarem em prática, poderá alterar radicalmente o mercado de trabalho, deixando milhares de muçulmanas no desemprego. Mas, como já se disse, não são só os véus islâmicos que ficarão debaixo desta fátua do Tribunal de Justiça da União Europeia.

A medida vai provocar seguramente muita celeuma e surge numa altura em que o mundo quase está em guerra. De um lado, os homens do Estado Islâmico, Al-Qaeda e afins; do outro, o dito mundo ocidental. Mas esta decisão pode mexer com pessoas que nada têm a ver com guerras religiosas e o terrorismo. Quantas não são as pessoas que usam fios de ouro com uma cruz, dada por alguém bem próximo, e que não significa absolutamente nada em termos religiosos?

Quantos não judeus usam a estrela de David nos fios de ouro? E quem tem tatuagens de símbolos religiosos? Também vão ser todos despedidos? Será que a Europa se está a aproximar da intolerância dos países muçulmanos que obrigam os ocidentais a respeitar as suas crenças, proibindo as mulheres de andarem de cabelo ao vento e de usarem saias curtas ou de beberem bebidas alcoólicas?

É óbvio que se deve lutar para que quem é oprimido não viva debaixo do teto europeu sofrendo aquilo que consideramos humilhações. Basta pensar no caso das excisões para percebermos que é preciso fazer algo para combater as discriminações de que as mulheres muçulmanas são vítimas. Mas daí a fazer um ataque ao véu – se fosse à burca, seria totalmente justo – vai toda uma distância que pode acabar mal. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×