28/5/17
 
 
II Liga. Varzim vence em Portimão e mantém candidatura à subida

II Liga. Varzim vence em Portimão e mantém candidatura à subida

Bruno Venâncio 19/03/2017 18:16

Sporting B, reforçado com jogadores do plantel principal, soma a quinta vitória consecutiva e foge aos lugares perigosos

Grande surpresa na 33ª ronda da II Liga: o Portimonense perdeu. Líder incontestado do campeonato, o conjunto algarvio foi surpreendido em casa pelo Varzim, que com o triunfo por 1-0 (golo de Diego Barcellos aos 49') mostrou estar de pedra e cal na luta pela subida. Os homens da Póvoa ocupam a terceira posição, a sete pontos do segundo, o Aves, que também venceu este domingo (1-0 em Freamunde, com golo do central Tiago Valente a dois minutos dos 90). O Varzim, contudo, tem um jogo em atraso.

Ainda a sonhar está também o Santa Clara, que recebeu e venceu o Braga B por 2-0. Os açorianos ocupam o quarto lugar, a dez pontos do Aves, mas também com um jogo a menos. Para trás ficou o Benfica B (que não pode subir), derrotado em Penafiel: 1-2, depois de ter entrado em vantagem. Foi a terceira derrota consecutiva para os comandados de Hélder Cristóvão, que caíram para quinto.

Mais longe do objetivo subida está a Académica, também ela surpreendida no seu terreno: perdeu 1-2 com o Académico de Viseu - os viseenses continuam, ainda assim, abaixo da linha de água. A Académica viu-se ultrapassada pelo União da Madeira, que venceu por 2-1 na receção ao aflito Famalicão.

Na parte baixa da tabela, destaque para a quinta vitória consecutiva do Sporting B, agora sob o comando de Luís Martins. Os jovens leões, reforçados com André Geraldes, Ricardo Esgaio e Ryan Gauld, foram a Matosinhos vencer o aflito Leixões por 2-1 e subiram para 13º, já com cinco pontos de vantagem sobre a zona proibida. Esgaio, de resto, foi mesmo o autor da assistência para o primeiro golo, apontado por Rafael Barbosa aos 59'. Bruno Lamas ainda empatou aos 81', mas três minutos depois, Jovane Cabral selou o triunfo leonino.

Por sua vez, o FC Porto B não foi além de um nulo caseiro perante o Vizela. Os visitantes, aliás, até dispuseram de uma soberana ocasião para marcar logo aos 23', após o guarda-redes portista Gudiño cometer grande penalidade. Na conversão, porém, Elízio atirou para fora. O Vizela, que não vence há oito jogos, está num incómodo 18º lugar, enquanto os jovens dragões são 14ºs, três pontos acima dos lugares perigosos.

Em apuros está também o Fafe, que ainda assim conseguiu um empate (1-1) na visita ao terreno do tranquilo Covilhã. Os fafenses ocupam o 20º e antepenúltimo lugar, a quatro pontos da salvação. Pior, só o já referido Leixões e o Olhanense, cada vez mais condenado: neste domingo, o conjunto algarvio voltou a perder, agora em casa, frente ao Gil Vicente, que se encontra tranquilo no décimo posto (1-3). Os homens de Olhão, pelo contrário, ocupam o último lugar de forma destacada, a 18 pontos da zona de permanência - quando estão apenas 27 em disputa...

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×