29/3/17
 
 
MAAT. O reinício marcado para quarta-feira

MAAT. O reinício marcado para quarta-feira

20/03/2017 18:16

O irmão mais novo do Museu da Eletricidade reabre ao público com a exposição “Utopia/Distopia”. A exposição nasce 500 anos depois da publicação da obra “Utopia”, de Thomas Moore.

É a segunda abertura do museu mais comentado de Lisboa nos últimos tempos. Depois da inauguração a 5 de outubro e do encerramento para obras em dezembro, o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) reabre definitivamente ao público esta quarta-feira. A direção museu espera receber 300 mil visitantes até ao final do ano.

O irmão mais novo do Museu da Eletricidade reabre ao público com a exposição “Utopia/Distopia”. A exposição nasce 500 anos depois da publicação da obra “Utopia”, de Thomas Moore.

As obras escolhidas pela equipa comandada pelo curador Pedro Gadanho ­– que também se senta na cadeira de diretor artístico do MAAT – traçam o percurso da sociedade desde a década de 70 até à atualidade e prometem por os visitantes a pensar na presente situação social.

Hoje de manhã, em entrevista à TSF, o curador contou que, por exemplo, a exposição foi pensada antes da eleição de Trump mas a história acabou por confirmar a ideia de descrença social – a tal distopia - que atravessa a exposição.

Se até dezembro a entrada do MAAT era gratuita, a partir de agora será paga. Cada bilhete custa nove euros, mas há possibilidade de adquirir uma entrada por 20 euros que dá entrada para todas as exposições, para duas pessoas, durante o ano inteiro.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×