25/4/17
 
 
O Facebook tem 60 cientistas à procura de uma forma de ler o seu pensamento

O Facebook tem 60 cientistas à procura de uma forma de ler o seu pensamento

Jornal i 21/04/2017 14:06

"Parece impossível, mas está mais perto do que julgam", diz a responsável do laboratório de inovação da empresa de Mark Zuckerberg.

O Facebook anunciou na Developer Conference, uma conferência que organiza todos os anos em San José, na Califórnia, que está a trabalhar no desenvolvimento de uma tecnologia que permita aos utilizadores controlar computadores com o pensamento. 

"Não estamos a falar de decifrar os vossos pensamentos", explicou Regina Dugan, diretora do laboratório de inovação e hardware do Facebook, Bulding 8. "Vocês têm muitos pensamentos, escolhem partilhar alguns deles e aquilo de que estamos a falar é a descodificação dessas palavras. Uma conversa silenciosa entre o interface e a pessoa com toda a velocidade e flexibilidade da voz."

O laboratório já nomeou uma equipa de 60 cientistas que têm como missão construir um sistema não-invasivo que seja capaz de digitar 100 palavras por minuto a partir de ondas cerebrais. "Parece impossível, mas está mais perto do que julgam", disse Dugan, citando o exemplo de uma mulher com esclerose lateral amiotrófica que, através de um pequeno implante, passou a ser capaz de escrever oito palavras por minuto apenas com sinais cerebrais. 

Mark Zuckerberg nunca escondeu as ambições do Facebook na área da Ciência. Ainda este ano a Business Insider noticiou que a empresa tinha 50 cientistas a trabalhar num ambicioso plano de "curar todas as doenças até ao final do século XXI". 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×